Aprovado projeto do deputado José Machado (PSDB) que reconhece a Festa do Morro dos Pireneus como Patrimônio Cultural Imaterial de Goiás

0
406
Nenhuma descrição disponível.

Foto: Cristiano da Costa 

Nenhuma descrição disponível.

Fotos: @bilupiri

Abrir foto

Foto: Peixotinho(Foto tirada nos anos 80)

O deputado José Machado (PSDB) visa, por meio do projeto de lei nº 1574/23, a reconhecer, como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Goiás, a Romaria em Louvor à Santíssima Trindade – Festa do Morro dos Pireneus. A celebração é realizada de forma anual, no mês de julho, no Pico dos Pireneus, situado no Parque Estadual Serra dos Pireneus, município de Pirenópolis. A matéria foi aprovada, em segunda votação, nesta quarta-feira, 21.

Em sua justificativa, o autor da proposta destaca que, segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), “o patrimônio cultural de um povo é formado pelo conjunto dos saberes, fazeres, expressões, práticas e seus produtos, que remetem à história, à memória e à identidade desse povo”.

Diante da afirmativa, evidencia que a Romaria em Louvor à Santíssima Trindade – Festa do Morro dos Pireneus é um tradicional evento goiano, com profundo valor histórico, cultural e religioso para a comunidade local, representando uma manifestação significativa do catolicismo popular. O objetivo, conforme o deputado, é “difundir o conhecimento, preservar a memória das raízes culturais regionais e fomentar as atividades que valorizam as tradições locais”.

Preservação

José Machado pontua, em sua justificativa, ser importante destacar que a Festa do Morro dos Pireneus tem enfrentado desafios ao longo dos anos, especialmente após a criação do parque na região. “Restrições impostas por administrações anteriores, como limitações nas áreas de acampamento e preocupações com incêndios, afetaram a participação dos romeiros e ameaçaram a continuidade desse importante evento cultural”, frisa.

O autor da propositura evidencia, ainda, a criação da Associação dos Romeiros, em 2016, que foi fundamental para fortalecer e preservar as tradições da romaria, com o apoio da paróquia e da administração do parque, e ressalta ser essencial a tomada de medidas adicionais para garantir a segurança dos participantes e a preservação da celebração.

“O reconhecimento oficial da Romaria em Louvor à Santíssima Trindade – Festa do Morro dos Pireneus, como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Goiás, é fundamental para a valorização e proteção dessa manifestação cultural tão relevante. O registro permitirá sua documentação adequada e proporcionará uma base legal para a promoção de políticas públicas de preservação, difusão e valorização desse importante evento”, enfatiza.

A proposta visa, portanto, a “garantir o reconhecimento e a proteção da festividade como parte integrante do patrimônio cultural goiano, assegurando sua continuidade e promovendo sua importância histórica, cultural e religiosa para as presentes e futuras gerações”, de acordo com o deputado. Fonte: Agência Assembleia de Notícias

Parceiro:Abrir foto

Grupo Villa Hotéis
Um grupo sólido que há mais de 25 anos atua no ramo de hotelaria, gerando emprego e renda.
Contatos: ​​ 62 3331-2424 / 62 3331-2662
*Obs* A publicidade anexada à matéria, nada tem a ver com o conteúdo. Não se trata de matéria paga, é só uma forma de deixar em evidência os parceiros do site nas redes sociais. Venha ser parceiro do Pirenópolis Online. Seu anúncio vai longe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here