Banda Phoenix anuncia retorno das aulas para formação de novos músicos, após dois anos de paralização

0
511

Escola e Banda de Música Phoenix, Pirenópolis, Goiás

A Escola e Banda de Música Phoenix do Mestre Propício de Pirenópolis está entre as 18 instituições sem fins lucrativos aprovadas no edital de seleção pública da Rede de Pontos de Cultura do Estado de Goiás lançado em 2021 pela Secretaria do Estado da Cultura de Goiás (Secult). Ela receberá R$ 104 mil cada para desenvolver ações de formação e difusão nas comunidades que estão inseridas durante 12 meses.

O grupo cultural foi fundado em 1893 por Joaquim Propício de Pina e é, desde então, a principal banda sinfônica da cidade, se fazendo presente em todas as atividades folclóricas, festivas e cíveis. A entidade abriga também o Coral e Orquestra Nossa Senhora do Rosário, responsável pela execução das missas e novenas dos cultos da Paróquia Nossa Senhora do Rosário. Além disso, ela também é a grande responsável pela formação de músicos no município.

Aurélio Afonso da Silva, que é maestro da Banda Phoenix desde 2010, ressalta que os recursos estaduais chegam em um momento oportuno já que a Escola estava com as atividades paralisadas desde 2020. “Sem o benefício do Ponto de Cultura não seria possível retornar com a programação de nossa escola e a comunidade pirenopolina ficaria prejudicada. Nós já estávamos sendo cobrados por pais e população sobre o retorno das aulas, então estamos todos muito contentes”, garantiu o músico.

Atualmente, a Escola da Banda Phoenix atende cerca de 40 alunos e é a grande responsável por fazer com que crianças e adolescentes da cidade se tornem músicos profissionais. “Temos ex-alunos que hoje são músicos profissionais de diversas orquestras sinfônicas. Aqui, em nossa cidade, a música é um dos caminhos que tiram o jovem do caminho do mal, do envolvimento com drogas e crimes”, destaca Aurélio.

O maestro explica que os recursos do Ponto de Cultura serão utilizados para pagamento dos professores e aquisição de ferramentas metodológicas para as aulas. “Com o retorno das aulas, ocorrerá a formação de novos músicos que também contribuirão com os festejos de nossa cidade, como a Festa do Divino Espírito Santo”.

Nenhuma descrição disponível.

Sede da Banda Phoenix onde acontece as aulas

Pontos de Cultura

O Governo de Goiás, por meio da Secult/Goiás, destinou R$ 1,9 milhão para 18 instituições sem fins lucrativos, que receberão a chancela de Ponto de Cultura. Foram aprovadas propostas em 10 regiões goianas, sendo que, do total, seis são de comunidades remanescentes quilombolas, localizadas em Iaciara, Monte Alegre (2 unidades), Piracanjuba, Santa Cruz de Goiás e Uruaçu.

O benefício poderá ser usado para a contratação de professores, oficineiros, comunicadores comunitários, artistas e demais agentes culturais para mediarem formação junto a escolas da região e demais instituições. Os Pontos de Cultura também deverão adquirir kits de tecnologia da informação: computadores, projetores, câmeras, entre outros.

Segundo o secretário de Cultura, César Moura, a ação visa ampliar as redes dos Pontos e levar o programa a mais municípios, descentralizando a cultura em Goiás. Atualmente, existem 40 pontos em 36 cidades. “Queremos fomentar ainda mais a cultura e torná-la acessível a um maior número de goianos. Por isso, temos promovido diversas ações formativas e culturais em todo o Estado”, completou. Via: www.cultura.go.gov.br

Parceiro:

Pode ser uma imagem de texto

Grupo Villa Hotéis
Um grupo sólido que há mais de 25 anos atua no ramo de hotelaria, gerando emprego e renda.
Contatos: ​​ 62 3331-2424 / 62 3331-2662
reserva@grupovillahoteis.com.br

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here