Onze municípios pedem registro das Cavalhadas como Patrimônio Cultural

0
103

 

Pedido do processo de registro de 11 Cavalhadas de Goiás como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil foi recebido pelo secretário especial da Cultura, Henrique Pires (segundo à esquerda). Foto: Ronaldo Caldas/Ministério da Cidadania

 

O Ministério da Cidadania, por meio do secretário especial da Cultura, Henrique Pires e da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, recebeu do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, o pedido do processo de registro de 11 Cavalhadas de Goiás como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. A cerimônia ocorreu na tarde de ontem, segunda-feira (19), na sede do Iphan, em Brasília.

Trazida ao Brasil pelos padres jesuítas em 1826, para ser integrada a Festa do Divino Espírito Santo, as Cavalhadas são uma representação das lutas travadas entre Cristãos e Mouros, quando o exército muçulmano, depois de conquistar Portugal e Espanha, resolve invadir a França. São várias versões para o surgimento das Cavalhadas.

Na representação das cidades de Goiás, dois grupos, compostos por 12 cavaleiros cada, encenam a batalha medieval durante três dias consecutivos. Trajes típicos de época e coreografias fazem parte da festa, que reúne religiosidade, cultura e turismo.

O pedido do governo de Goiás detalha como, ao longo de dois séculos, as Cavalhadas se enraizaram no cotidiano das comunidades, consolidando-se como relevante expressão para a compreensão da identidade e memória da sociedade brasileira. A presidente do Iphan, Kátia Bogéa, explicou como vai ocorrer o processo de registro das Cavalhadas como Patrimônio Cultural do País.

“Com a documentação recebida, o Iphan, do Ministério da Cidadania, vai abrir o processo, trabalhar no dossiê, na pesquisa e vai aguardar que o Conselho Consultivo aprecie a candidatura e declare este importante patrimônio. Para nós é muito significativo porque é uma porção grande do Brasil que será representada. Os prefeitos também precisam desta titulação para trabalhar a questão turística, o desenvolvimento social e econômico”.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, esteve acompanhado dos prefeitos de Santa Cruz, Palmeiras, Posse, Jaraguá, Crixás, Hidrolina, São Francisco, Santa Terezinha, Corumbá, Pilar e Pirenópolis – municípios em que as Cavalhadas têm maior destaque. Caiado ressaltou a importância cidadã das Cavalhadas.

“Nós aguardamos a tramitação do processo com a certeza absoluta de que teremos um desfecho favorável e, nesta hora, vamos fazer um grande evento porque isso aumenta ainda mais as credenciais de Goiás perante o turismo nacional e mundial. Tudo isso faz com que você tenha contato com outra fonte de renda, de arrecadação, de melhoria da qualidade do ensino, da cultura, do interesse das pessoas em cada vez mais se debruçarem para manter vivo aquilo que vem de nossos antepassados”, afirmou.

A cerimônia contou com um momento especial, o lançamento do livro “Barro, Madeira e Pedra: Patrimônios de Pirenópolis”. Na obra, o arquiteto e ex-servidor do Iphan Silvio Cavalcante detalha as técnicas de intervenções de restaurações de imóveis tombados e de elementos artísticos que o autor acompanhou e vivenciou durante 20 anos, contribuindo para a preservação do Patrimônio Cultural na cidade goiana.

O secretário especial da Cultura, Henrique Pires, comemorou a iniciativa de preservação, reconhecimento e valorização das Cavalhadas. “É uma alegria participar deste lançamento com a presença do governador e no momento em que o estado de Goiás protocola o pedido em nome de 11 prefeituras tratando de uma prática que tem mais de 200 anos no Brasil, que são as Cavalhadas”, salientou.

O calendário das Cavalhadas ocorre de junho a setembro nos municípios goianos. Para saber mais sobre os patrimônios culturais materiais e imateriais reconhecidos pelo Ministério da Cidadania, acesse: iphan.gov.br.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania

 

Parceiro:

 

Meio Ambiente Inteligente

 

A imagem pode conter: planta, natureza, texto e atividades ao ar livre

Rua Marinheiro, Qd 09, Lt 06, Vila Zizito Pompeu(62) 99635-4722

Acesse as redes sociais da empresa e saiba mais:
www.meioambienteinteligente.com.br

https://www.facebook.com/meioambienteinteligente/

https://www.instagram.com/explore/locations/1455839
594514336/meio-ambiente-inteligente/?hl=pt-br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here