Queijos produzidos pela Queijaria Alpina foram grandes destaque do 3º Mundial do Queijo do Brasil

0
490

O Queijo Stephan ganhou Super Ouro e Queijo Alpino ganhou Ouro no Concurso de Melhor Queijo e Produtos Lácteos no 3º Mundial do Queijo do Brasil , que aconteceu de 11 a 14 de abril, em São Paulo. Os queijos suiços produzidos em Corumbá de Goiás, na Rota dos Pirineus, foram os maiores destaques entre os 1.900 produtos avaliados por um júri de 300 pessoas do ramo, desbancando concorrentes nacionais e internacionais.

O resultado foi divulgado na última sexta-feira (12) em evento em São Paulo, ocasião em que foram distribuídas também 598 medalhas para outros queijos e produtos lácteos. Ao todo foram 99 medalhas Super Ouro149 Ouro150 Prata e 200 Bronze.

Para Clara Gaehwiler, filha do queijeiro suíço Stephan Gaehwiler, da @queijariaalpina , na Fazenda Pica Pau, em nossa região, que também foi eleita em 2023, a vencedora do concurso de Melhor Fondue do Brasil, é muita emoção receber essas medalhas. “Participamos do 3º Mundial do Queijo em São Paulo, em um concurso com cerca de 1.800 queijos de 10 países diferentes. Mandamos os dois queijos produzidos pela @queijariaalpina . Os quais ganhamos medalhas nos dois! Queijo Stephan ganhou Super Ouro e Alpino ganhou Ouro. Fico extremamente feliz e realizada de ver que o árduo trabalho diário do meu pai, Stephan Gaehwiler, é reconhecido e apreciado. Sabemos que para ele, como estrangeiro e pioneiro na produção dos queijos artesanais no estado de Goiás não foi e não é fácil, e que por trás desses queijos maravilhosos existe uma família dando seu sangue para produzi-los. Fico muito grata à todos que fazem parte do processo, às vaquinhas que produzem o nosso leite e excelência e principalmente aos meus irmãos @nikolausgaehwiler e @lucasgaehwiler que também “pegam no chifre do boi” todos os dias para garantir os melhores queijos para vocês”, disse ele emocionada.

Destaques internacionais

O queijo suíço Le Gruyére AOP Réserve 14 Meses ficou em segundo lugar no concurso. Ele havia empatado com o Morro Azul com uma média de 6,13 pontos, em uma escala de 3 a 7, mas ficou atrás do exemplar brasileiro no desempate.

Fechando o pódio, outro suíço ficou em terceiro lugar: o Le Gruyére d’alpage AOP7, do produtor Stefan Konig.

Vale ressaltar que estes resultados foram obtidos a partir de uma segunda fase: após 99 queijos serem premiados com medalha Super Ouro, jurados de diferentes nacionalidades atribuíram notas de 3 a 7 para estes queijos, coroando o exemplar brasileiro em primeiro lugar.

Confira os resultados de acordo com cada medalha aqui.

Outros prêmios

3º Mundial do Queijo do Brasil também elegeu o Melhor Queijeiro do Brasil, o Melhor Queijista do Brasil e o Melhor Fondue do Brasil.

Henrique Herbet, do Paraná, foi honrado como o Melhor Queijeiro do país, categoria que foca nos produtores de queijo. Mestre Queijeiro da Queijaria Flor da Terra, em Toledo (PR), ele apresentou um queijo batizado de “entardecer do Oeste”.

“É uma massa prensada semicozida, textura levemente elástica, mas com uma massa firme e fechada. Os sabores são ácidos, frescos, láticos, de creme de leite, de carne maturada, complexos, com um visual diferenciado”, explica Henrique.

Já o paulista Anderson Magalhães foi eleito o Melhor Queijista do Brasil, categoria que honra os comerciantes de queijos. Anderson é consultor do Grupo Pão de Açúcar e agora tem vaga garantida no concurso da mesma categoria no próximo Mondial du Fromage de Tours, na França, em setembro de 2025.

Por fim, o Mundial do Queijo também condecorou o Melhor Fondue do Brasil. A ganhadora foi a chef carioca Malu Mello, que fez uma receita usando 50% queijo gruyère, uma regra do concurso, assim como queijo raclette, um queijo azul de 60 dias de maturação e cachaça Magnífica, do Rio de Janeiro. Com o prêmio, Malu representará o Brasil no Mundial da Fondue da Suíça em 2025.

O Mundial do Queijo do Brasil tem a chancela do Mondial du Fromage de Tours, na França, uma das mais conhecidas e respeitadas competições do setor. fonte; CNN

Parceiro:

Nenhuma descrição de foto disponível.

Botequim Mercatto em Piri.
Seg. Qua. e Qui. | 17h à 01h
Sexta à Domingo | 11h à 01h
Reservas: (62) 9 9217-8585 – botequimmercatto.com.br
Rua Direita, 88 Centro

*Obs* A publicidade anexada à matéria, nada tem a ver com o conteúdo. Não se trata de matéria paga, é só uma forma de deixar em evidência os parceiros do site nas redes sociais. Venha ser parceiro do Pirenópolis Online. Seu anúncio vai longe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here