Região de Pirenópolis volta à situação de calamidade no mapa de risco

0
906

A regional Pireneus, onde fica Anápolis, Pirenópolis e outros oito municípios voltou para faixa vermelha para a infecção pelo novo coronavírus. A atualização da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) foi feita na última sexta-feira (30).

A regional Centro-Sul, com sede em Aparecida de Goiânia, também voltou a figurar entre as regiões que estão em situação de calamidade no mapa de risco da covid-19 em Goiás.

Nos últimos sete dias houve também outras duas alterações. A regional Serra da Mesa, que engloba cidades como Uruaçu e Niquelândia, deixou a situação de calamidade e passou ao cenário crítico.

A região Norte também regrediu. Esta era a única regional no cenário de alerta, o mais brando do mapa de risco. Agora, porém, o norte goiano, onde fica Porangatu, está em situação crítica.

Outras 14 regionais não mudaram em relação à semana anterior. Entre elas está a região do Rio Vermelho, onde fica a Cidade de Goiás, que permanece em situação crítica. Todas as demais estão em calamidade.

Em relação a meados do mês de abril, o mapa apontava melhoras no quadro goiano em relação à Covid-19, quando três regiões estão fora da situação de calamidade. As regiões Norte, Rio Vermelho e Pirineus apresentaram a redução dos indicadores, que serviram como parâmetro para saber como está o avanço da doença em Goiás.

Critérios

O objetivo do Governo de Goiás quando lançou o mapa era que os municípios adotassem medidas que poderiam chegar ao fechamento das atividades comerciais e de serviços não essenciais enquanto estivessem na faixa vermelha. No entanto, outros modelos foram adotados. O último decreto divulgado, liberou as atividades apenas com restrições de horário.

Os critérios analisados para gerar a classificação, segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, são: números de casos confirmados por semana, pedidos de leitos, velocidade de transmissão da doença, notificações e taxa de ocupação dos leitos.

O mapa é atualizado semanalmente, conforme a evolução dos dados. Desde a primeira semana, a situação jamais deixou de ser preocupante no estado. Fonte: saúde.goiás

PEDIDO
AJUDE ESSE PORTAL DE NOTÍCIAS CONTINUAR TRABALHANDO DOANDO QUALQUER VALOR.
CHAVE DO PIX: 62 99439.3404

Parceiro:

Pode ser uma imagem de texto que diz "Grafiato"

Grafiato Construtora

R. Marinheiro, Qd. 08 – Lt. 12 – Vila Marilia
Telefone: (62) 3331-2407

Acesse o link abaixo e conheça mais sobre a empresa:

http://www.grafiatoconstrutora.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here