Mulheres se unem para ajudar famílias afetadas com o isolamento social imposto pela pandemia

0
439

Incomodadas com a situação crítica em que muitas famílias carentes se encontram por causa do coronavírus, duas vizinhas que moram no Setor Meia Ponte, se uniram para arrecadar fundos e destinar o dinheiro a cestas básicas para doações de famílias em Pirenópolis. Além das famílias que moram no setor Meia Ponte, a entrega ocorre também para outros bairros e distritos próximos, pessoas em situação de rua, entre outros. O volume de doações vem crescendo a cada dia e surpreendendo as mobilizadoras, Úrsula Ramos e Erleide Aires mobilizadoras desta ação comunitária  denominada Grupo Prato do Dia.

A pandemia do novo coronavírus impôs um dilema a milhares de pessoas que não podem deixar de trabalhar, mas são orientadas a ficar em casa para se proteger do doença. Dados e até mesmo observando a necessidade de vizinhos e notório que várias famílias estão em situação difícil, pois tiveram a renda reduzida após a pandemia de coronavírus. Isso se dá porque grande parte dos moradores, trabalham como autônomos nas pedreiras, artesãos e poucos tem carteira assinada.

Úrsula Ramos, voluntária do projeto é diretora de Arte e Cenógrafa. Ela ressalta q há necessidade de ação emergencial para auxiliar, “por estar bastante tocada com o momento que estamos vivendo de grandes dificuldades, eu sei o quanto está sendo difícil lidar com o isolamento necessário devido a ameça do coronavírus, temos que nos doar, de alguma forma. Por isso resolvi fazer essa ação e colocar comida na mesa de quem mais precisa. Ajudá-los a sobreviver neste momento”. Erleide Aires, mais conhecida aqui como Leidinha, que também está na linha de frente do Grupo Prato do Dia, sempre ajudou famílias de Pirenópolis. “Com a chegada da Pandemia seguida de isolamento social, decidimos estender essa ação humanitária às famílias que se encontram em dificuldade nesse momento tão delicado que todos nós estamos passando”, ressaltou.

A operação de distribuição é feita por elas, com a ajuda de alguns voluntários e parceria com o Supermercado do Turista, que tem feito um preço menor nos produtos.
As cestas básicas, além de alimentos, como arroz, feijão, macarrão, contêm itens de higiene pessoal e de casa, para que os beneficiados possam também se defender da ameaça do vírus. Higienizar com frequência as mãos está entre as principais recomendações da Organização Mundial de Saúde.

O Grupo Prato do Dia necessita de doações de cestas básicas, produtos de limpeza e Higiene pessoal, leite, fradas descartáveis, roupas e calçados. Quem quiser colaborar, ligue no telefone (62) 98176-5046 e fale com Úrsula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here