Palhaçada: Semad aplica multa irrisória de R$1 mil, após flagrar desmatamento ilegal com aval da prefeitura

0
289

Após flagrar desmatamento ilegal de uma área de aproximadamente 160.000m², dentro de área de proteção de sítio arqueológico, com aval da prefeitura, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), aplicou multa irrisória de apenas R$ 1 mil.  Esta ‘ação’ se deu após video do desmatamento viralizar, onde mostra uma máquina amarela trituradora de árvores inteiras, devastando uma área bem próxima ao Rio das Almas.

O dono de um loteamento onde será construído o tal Condomínio Maracujá, foi multado por desmatamentos ilegais em área de vegetação nativa flagrado por moradores. O flagrante aconteceu na terça-feira (30). Segundo a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), no local, havia placas promocionais que anunciavam a criação de um loteamento residencial.

Ao ser abordado pela equipe de fiscalização, o proprietário apresentou uma licença de desmatamento emitida pela prefeitura. Porém, o município não tem competência para licenciar loteamentos desse porte. Por isso, ele foi multado em apenas R$ 1 mil.

A Semad editou, em 18 de março deste ano, uma portaria que suspende o licenciamento ambiental, quando for de competência do Governo de Goiás, para novos empreendimentos em Pirenópolis.

A portaria alcança apenas empreendimentos novos e não interfere naqueles que já estiverem licenciados, instalados, em fase de licenciamento corretivo ou que estejam com o processo em aberto. O objetivo é preservar o centro histórico da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here