A procura da vacina contra Covid-19 pelos grupos com comorbidades está baixa e Pirenópolis precisa concluir para avançar com a vacinação

0
552

Amanhã (26), Pirenópolis retoma a vacinação contra Covid – 19 para pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos, gestantes e puérperas. Este ciclo está vigorando há duas semana, desde quarta-feira (12) e a população percebe a demora. Uma das explicações é sobre a dificuldade de adquirir a declaração que ateste a condição de saúde do paciente que se enquadra nos critérios estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação.

Após essa faixa etária entre 55 e 59 anos, gestantes e puérperas, existem mais 16 grupos na fila da prioridade para vacinação. Os próximos a serem vacinados contra a covid-19, segundo o Ministério da Saúde são os mais populosos, são os de pessoas com deficiência permanente, trabalhadores industriais, trabalhadores da educação dos ensinos básico e superior.

São 22 as comorbidades incluídas como prioritárias para vacinação entre elas: obesidade mórbida, diabetes, insuficiência cardíaca, síndrome de Down, doenças cardiovasculares e doenças renais crônicas.

Em coletiva de imprensa, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que o Brasil deve concluir a imunização dos grupos prioritários somente em setembro. Esse público reúne idosos, profissionais da saúde, portadores de comorbidades, forças de segurança, professores, entre outros, e soma 77,2 milhões de pessoas, ou 36% da população. O atraso já era previsto por especialistas.

Lista de comorbidades

Diabetes; pneumopatias crônicas graves; hipertensão arterial resistente; hipertensão arterial estágio 3; hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade; doenças cardiovasculares; insuficiência cardíaca; cor-pulmonale e hipertensão pulmonar; cardiopatia hipertensiva; síndromes coronarianas; valvopatias; miocardiopatias e pericardiopatias; doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas; arritmias cardíacas; cardiopatias congênita no adulto; próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; doença cerebrovascular; doença renal crônica; imunossuprimidos; anemia falciforme; obesidade mórbida; síndrome de Down; e cirrose hepática.

Grupos prioritários da vacinação após os idosos

Comorbidades – 17.796.450 pessoas
Pessoas com deficiência permanente – 7.749.058 pessoas
Pessoas em situação de rua – 66.963 pessoas
População privada de liberdade – 753.966 pessoas
Funcionários do sistema de privação de liberdade – 108.949 pessoas
Trabalhadores da educação do ensino básico – 2.707.200 pessoas
Trabalhadores da educação do ensino superior – 719.818 pessoas
Forças de segurança e salvamento – 584.256 pessoas
Forças Armadas – 364.036 pessoas
Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros – 678.264 pessoas
Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário – 73.504 pessoas
Trabalhadores de transporte aéreo – 116.529 pessoas
Trabalhadores de transporte de aquaviário – 41.515 pessoas
Caminhoneiros – 1.241.061 pessoas
Trabalhadores portuários – 111.397 pessoas
Trabalhadores industriais – 5.323.291 pessoas

Pessoas com comorbidades devem apresentar, no ato da vacinação, obrigatoriamente:

  • Comprovante em versão original sobre sua comorbidades, podendo ser: laudos, declaração, prescrições médicas ou relatórios médicos com descritivo ou Classificação Internacional de Doenças (CID) da condição de saúde; Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e hipertensão pulmonar;
  • Comprovante de residência em Pirenópolis;
  • Documento com número de CPF da pessoa a ser vacinada;
  • Documento de identificação com foto da pessoa a ser vacinada.

Confira abaixo a relação de comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde:

  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias;
  • Miocardiopatias e pericardiopatias;
  • Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênitas no adulto;
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • Diabetes mellitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão arterial resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial – estágio 3
  • Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer);
  • Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves);
  • Obesidade mórbida;
  • Cirrose hepática.

Veja os locais de vacinação:

Pode ser uma imagem de texto que diz "saudepirenopolis LOCAIS DE VACINAÇÃO UNIDADE DE VACINAÇÃO: MODALIDADE: HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: UBS ALTO DO CARMO UBS ALTO DA LAPA Pedestres UBS ALTO DO BONFIM 07:30h às 10:30h 13:00h às 16:30h UBS ΜΕΙΑ PONTE posto de vacinação exclusivo para GESTANTES 2ã DOSE DA CORONAVAC UBS ESTRELA DALVA Drive Thru 07:30h às 10:30h 13:00h às 16:30h SAÚDE PIRENÓPOLIS CIDADEDE NOSSO BEM MAIOR SUS"

Parceiro:

EndereçoR. Anduzeiro, 10 – s 2 – Vila Anduzeiro, Pirenópolis – GO, 72980-000
Fecha às 18:00

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here