Pirenópolis realiza Dia D de Multivacinação para crianças e adolescentes neste sábado (16)

0
195

O mês de outubro, quando se comemora o Dia da Criança, será quase todo dedicado a dar aos meninos e meninas o melhor de todos os presentes: prevenção à saúde e bem-estar. Neste sábado (16), pais e responsáveis têm mais uma oportunidade de oferecer o melhor a suas crianças e adolescentes com menos de 15 anos, levando-os para atualizarem a caderneta de vacinação. Das 8h às 17h, será realizado o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação.

A vacinação acontecerá nas seguintes unidades:
Alto do Carmo – Unidade de Saúde Atacir Ferreira da Silva
Rua Do Carmo S/N , ☎ (62) 3331-4189
➡️ Alto da LAPA – Unidade de Saúde Dr Cynval de Carvalho
Praça da Bandeira, S/N – ☎ (62) 3331-1320
➡️ Alto do BONFIM – Unidade de Saúde Elizabeth Pereira dos Santos
Rua: 04, quadra 04, lote 04 – Jardim Santa Barbara – ☎ (62) 3331-1970
➡️ UPA – Rua Virgílio Araújo Godinho,
quadra 03, lote 06 – Jardim Estrela Dalva II.
⚠

Governo Estadual

O Governo de Goiás, por meio da SES-GO, espera oferecer, com a campanha, o acesso às vacinas do Programa Nacional de Imunização (PNI), atualizar a situação vacinal, melhorar as coberturas vacinais e homogeneidade, contribuir na redução da incidência das doenças imunopreveníveis e manter controladas, eliminadas ou erradicadas várias doenças (veja abaixo relação completa das vacinas por faixa etária). A campanha, iniciada no dia 1º de outubro, segue até o próximo dia 29.

“Queremos nossas crianças e adolescentes nos postos de saúde de seus municípios, para aumentar a cobertura e a proteção deles contra várias doenças”, diz o secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino.

Segundo Alexandrino, a complexidade do atual Calendário Nacional de Vacinação – que dispõe vacinas para as crianças e adolescentes –  requer que toda a população-alvo compareça aos serviços de saúde, levando a caderneta de vacinação, para que os profissionais possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas e, assim, completar o esquema vacinal preconizado pelo PNI. Ou seja, a vacinação deverá ser realizada de forma seletiva.

Cartão de Vacina
São os profissionais de saúde em todos os municípios que vão avaliar o cartão de vacina e verificar quais vacinas precisam ser administradas. O público-alvo é a população não vacinada ou com esquemas incompletos menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Por esse motivo, a Campanha de Multivacinação não tem uma meta de cobertura vacinal a ser alcançada, pois o objetivo é a atualização da caderneta de vacinação de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação.

Tendo em vista que cada pessoa pode receber dose de mais de uma das vacinas ofertadas, o desempenho da vacinação será avaliado com base nas doses aplicadas e registradas no Sistema de Informação durante o período da campanha, para cada vacina disponível.

Precauções
De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde da SES-GO, Flúvia Amorim, algumas precauções devem ser observadas pelos pais e responsáveis: em caso de doenças febris agudas, moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença. Diarreia e vômitos leves não constituem contraindicações, porém recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro.

“Além disso, não há, até o momento, contraindicações médicas conhecidas para vacinar pessoas com infecção por Covid-19. Mas, para minimizar o risco de transmissão da Covid-19, pessoas com suspeita ou com confirmação, recomendamos que a vacinação seja adiada por, pelo menos, três dias depois do desaparecimento dos sintomas, com tempo mínimo de isolamento de 14 dias depois do início dos sintomas”, explica Flúvia.

São consideradas contraindicações gerais verdadeiras para qualquer vacina: anafilaxia (alergia grave) a qualquer um dos componentes de uma vacina ou após uma dose anterior dela e para as vacinas de bactérias atenuadas ou vírus vivos atenuados, bem como todos os quadros de imunodepressão e gravidez.

DICAS IMPORTANTES
Orientações quanto à realização das campanhas de vacinação e a pandemia da Covid-19
– Realizar a administração das vacinas em áreas bem ventiladas e desinfetadas com frequência.
– Garantir a disponibilidade de local para lavagem adequada ou desinfetantes para as mãos, pela equipe e usuários.
– Limitar em um (1) o número de acompanhantes para a pessoa que será vacinada.
– Realizar a triagem de pessoas que apresentam sintomas respiratórios antes da entrada na sala de vacinação, para evitar a propagação do Sars-CoV-2.
– Orientar o uso de máscara facial para todas as pessoas a partir de 2 anos de idade.

Demonstrativo das vacinas disponibilizadas na Campanha Nacional de Multivacinação para crianças menores de 7 anos de idade
➔ BCG
➔ Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, haemophilus influenzae tipo B)
➔ VIP (poliomielite inativada)
➔ VOPb (poliomielite atenuada)
➔ Rotavírus
➔ Pneumocócica 10 valente
➔ Meningocócica C conjugada
➔ Febre amarela
➔ Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola)
➔ Hepatite A
➔ Hepatite B
➔ DTP (difteria, tétano e coqueluche)
➔ Varicela

Demonstrativo das vacinas disponibilizadas na Campanha Nacional de Multivacinação para crianças a partir dos 7 anos e adolescentes menores de 15 anos de idade
➔ Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola)
➔ dT (difteria e tétano)
➔ HPV
➔ Meningite ACWY
➔ Hepatite B
➔ dTpa (difteria, tétano e coqueluche acelular para adolescentes gestantes. Com informações de Comunicação Setorial/Secretaria de Estado da Saúde de Goiás.

 

Parceiro:

Pode ser uma imagem de texto que diz "Centro de Análises Clínicas Pasteur Centro de Análises Clínicas Pasteur"

Laboratório Pasteur
Endereço: R. Anduzeiro, 10 – s 2 – Vila Anduzeiro, Pirenópolis
Telefone: (62) 3331-1655

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here