Tive dengue. Quando posso voltar a treinar na academia?

0
452

Só quem já teve dengue sabe como a doença pode causar uma sensação de fraqueza extrema. Apesar das pessoas que gostam de exercícios físicos quererem voltar às atividades o quanto antes, é importante ter cuidado na retomada para não colocar em risco a saúde ou a própria recuperação.

O processo de recuperação da infecção pelo vírus transnitido pelo Aedes aegypti envolve o repouso e, por isso, não é indicado praticar nenhuma atividade física enquanto o paciente ainda estiver sentindo os sintomas. O esforço extra da prática esportiva pode piorar o quadro e atrasar a recuperação.

“Enquanto durarem os sintomas, a recomendação é repouso total para permitir que o corpo direcione suas energias para combater a infecção”, orienta o infectologista Werciley Júnior, coordenador de Infectologia do Hospital Santa Lúcia, em Brasília.

Estou sem sintomas, já posso voltar a treinar?

Em geral, os sintomas da dengue desaparecem uma semana após o início da infecção. Entretanto, a recuperação inicial não é uma liberação para o retorno ao ritmo anterior à doença. É preciso retomar os exercícios aos poucos e deixar de lado a ansiedade de recuperar os dias perdidos.

“O ideal é aguardar um pouco após o fim dos sintomas para voltar. Especialmente antes de retornar à academia, recomendo que se espere uma semana para que o corpo se recupere plenamente”, aconselha o infectologista Leonardo Weissmann, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, professor da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) e conselheiro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Para quem teve dengue, especialmente se os sintomas foram fortes, é preciso focar no reestabelecimento do organismo. A volta deve ser feita aos poucos, reduzindo o volume de repetições e a carga dos exercícios.

O período de atenção após superar os sintomas, porém, não é obrigatório e depende de como o paciente está se sentindo e da gravidade da doença. A indicação é discutir o caso com o médico responsável pelo atendimento.

Há algum exercício que eu devo evitar se tive dengue?

Não há nenhum esporte ou atividade esportiva que não possa ser praticado por quem teve dengue. A atenção é mais em relação à capacidade cardiorespiratória e à resistência muscular.

Especialmente em corridas longas, levantamento de peso ou outras atividades físicas mais intensas, o cuidado deve ser dobrado. As práticas levam o corpo à exaustão e podem fazer a pessoa suar muito, o que é arriscado nessa fase de recuperação.

“A dengue pode causar desidratação e impactar o sistema cardiovascular, por isso é prudente começar com exercícios leves e observar como o corpo responde antes de aumentar a carga”, aconselha Weissmann.

Há exercícios que podem ajudar na recuperação?

Porém, alguns exercícios podem até mesmo ajudar a pessoa a recuperar sua capacidade muscular. Atividades leves, como caminhadas e alongamento, podem ser benéficos especialmente para manter o bem-estar sem sobrecarregar o corpo.

Além de ajudar a amenizar a culpa por estar parado, eles reestabelecem os fluxos circulatórios do organismo, que ficam comprometidos em pessoas que tiveram dengue de maior gravidade.

Mesmo as atividades de baixo impacto, porém, só devem ser feitas após o fim dos sintomas, alertam os infectologistas. “Para quem ainda está se sentindo mal, o que a gente recomenda é repouso, alimentação adequada e bastante hidratação, que é o mais importante”, conclui Werciley.

Parceiro:

Aberta de 06h00 às 22h00 de segunda a sexta
Sábado de 08h00 às 13h00
Rua Benedito Pina, 8, Pirenópolis, GO, Brazil
(62) 3331-2154

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here