Rua do Lazer, em Pirenópolis, tem fluxo intenso de turistas e moradores no sábado de feriado

1
563

Aglomerações, pessoas sem máscara, descumprimento dos protocolos sanitários contra a covid-19 e principalmente sem a fiscalização prometida pela prefeitura. Assim foi o feriado  do Dia do Trabalhador em Pirenópolis.

O movimento turístico foi intenso na cidade, na noite de sábado (01). Bares e restaurantes foram flagrados cheios, com capacidade de clientes acima do permitido. Município recebeu cerca de 25 mil pessoas.

Imagens registradas por moradores da cidade que circulam nas redes sociais mostram centenas de pessoas aglomeradas na Rua do Lazer, principal ponto de restaurantes e bares do município. Nos registros é possível observar pessoas transitando pela rua sem máscara de proteção contra o coronavírus.

A reportagem procurou a Prefeitura de Pirenópolis para saber informações acerca de multas e infrações registradas na cidade, bem como medidas para conter aglomerações, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

Com fotos postadas nas redes sociais, os internautas passaram a questionar o alto fluxo de pessoas e as autoridades competentes.

“Várias pessoas ainda sem trabalhar, passando por dificuldades financeiras e outras causando aglomerações. Quanta falta de empatia e responsabilidade das autoridades competentes “, relatou uma internauta com indignação.

Números

Segundo o último boletim Covid-19 divulgado ontem (02), pela Secretaria Municipal de Saúde, Pirenópolis registra até o momento, 51 casos ativos, 42 óbitos, 1.341 confirmados, destes 1.248 estão recuperados.

 

PEDIDO
AJUDE ESSE PORTAL DE NOTÍCIAS CONTINUAR TRABALHANDO DOANDO QUALQUER VALOR.
CHAVE DO PIX: 62 99439.3404

Parceiro:

 

Pode ser uma imagem de texto que diz "GRUPO BETHA S.H.I.E.L.D. 0"

Grupo Betha Shield
Vigilância Patrimonial: sua segurança garantida e mantida sob nossos olhos

A sede fica localizada na Rua Emanoel Jaime Lopes, Nº16 , centro, os telefones são (62) 3331-3088 e 98591- 8010.

 

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. É inaceitável aglomerações, falta das medidas sanitárias para conter esse vírus letal, que está dizimando a população brasileira.
    A prefeitura está faltando com o seu dever de proteger a população pirenopolina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here