Ex-candidato André PIo está sendo acusado de emitir cheques sem fundos para pagar cabos eleitorais

0
1039

Atualizada às 08h33

O candidato derrotado a prefeito de Pirenópolis e ex-vereador, André Pio (PSDB) é acusado por ex-cabos eleitorais do município de emitir cheques sem fundos durante campanha eleitoral. Os “pagamentos” foram entregues individualmente no Comitê na semana pós-eleição. Segundo vários denunciantes nas redes sociais, os valores são de R$ 1.045,00. Com isso, todos que receberam as folhas sem fundos, devem registrar boletim de ocorrência para apresentar o caso à Justiça Eleitoral.

Segundo depoimentos de testemunhas, nas redes sociais, ao depositarem os cheques entregues como forma de pagamento, foi constatada a falta de fundos, retornando em linha bancária 12, ou seja, após a segunda apresentação ao banco. “Todas as pessoas que conversei receberam o cheque sem fundos”, ressaltou uma pessoa que não quis se identificar.

Outras denúncias:

Symony Pereira disse: ” Ficou revoltada com essa política, contratar as pessoas para trabalhar e não paga. Quantas pessoas que deixaram seus filhos, seus estudos, suas casa para trabalhar para o 45 e quando chega no dia do pagamento eles te pagar com cheque sem fundo. Vamos ardido do 45 bora paga o povo. Bora bora partido do 45 paga quem trabalho pra você. O cheque voltou pela segunda vez si vocês não tinham dinheiro suficiente pra paga, não contrastava”.
Cheque assinado pelo próprio ex-candidato, com carimbo de devolução no verso:
Atualizada 12h30
Nenhuma descrição disponível.
Nenhuma descrição disponível.
Nenhuma descrição disponível.
Nenhuma descrição disponível.
O Cheque entregue à Trabalhadora de Campanha
Nenhuma descrição disponível.
Extrato bancário demonstrando a devolução do cheque pagamento.
Milena Isabela Figueiredo, deixa claro seu descontentamento com esse depoimento: “Pois estou revoltada também! Até agora o meu pagamento não saiu…. e não vai fica assim vou atrás desse povo até paga, não trabalhei para fazer graça para eles não!
Outra que reclama é Thalita Santos, veja o que ela diz: “Eu também não recebi, a solução vai ser essa, depositar o cheque, porque tentei conversar com quem eu trabalhei não resolveu, vou fazer isso”.

Uma universitária que tem medo de revelar o nome, e que também trabalhou para o psdebista, disse que o pagamento realizado em cheque voltou. Neste sentido, assegura que tentou receber, mas a coordenadora não foi encontrada. Procurado pelo Pirenópolis Online via whatsapp, André Pio não respondeu até o fechamento desta matéria. Por diversas vezes, o jornal tentou falar com o ex-candidato e seus assessores sendo completamente ignorado.

Atualização às 08h35

Exatamente às 08h30 pelo celular do André Pio, a reportagem recebeu a seguinte mensagem(publicada na íntegra) e ainda com tom de ameaça, leia:

“Bom dia! Aqui é da equipe André Pio. Realmente houve o atraso do fundo partidário, que ja foi resolvido, e os cheques do André ja estao sendo depositados novamente e pago ou trocado. Agora esse tipo de notícia onde não esta nem cheque do André, aconselho ser retirada, ou iremos representar na segunda feira”. Obrigado Sabá Collenghi.

 

 

Parceiro:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here