Próxima novela da Rede Globo começa a ser gravada em Goiás. Relembre alguns lugares no nosso Estado que já foram cenários de novelas, filmes e minisséries

0
553

A Rede Globo deu nesta semana o ‘start’ nas gravações de sua próxima novela das nove, “Em Seu Lugar”, da também estreante no horário, Lícia Manzo, que mesmo sem nenhum grande fenômeno no currículo (A Vida da Gente e Sete Vidas), acabou sendo promovida pela direção da emissora, e podemos entender bem o motivo disso, já que suas duas tramas, escrita para a faixa das seis, muitos espectadores confundiram com uma das nove, a premiada “A Vida da Gente”, que o diga.

Parte do elenco e da equipe do folhetim viajaram essa semana para Goiânia, onde serão feitas algumas cenas do folhetim. Na história, o protagonista, Cauã Reymond, viverá alguns anos na capital de Goiás. Reymond dará vida à gêmeos no folhetim, e fará par romântico com Andréa Horta e Alinne Moraes.

O elenco do folhetim, ainda contará com grandes nomes, como: Marieta Severo; Marco Ricca; Andréa Beltrão; Maria Flor; Marcelo Faria; Denise Fraga e Fabrício Boliveira. A previsão de estreia é para maio deste ano, no lugar de “Amor de Mãe”.

A última novela que a Rede Globo gravou em Goiânia foi “Em Família”, de Manoel Carlos, por lá, é onde a emissora tem o segundo pior desempenho na média nacional, ficando atrás apenas de Manaus, que desde o adiantamento da programação da emissora, se adequando ao horário de Brasília, vem sofrendo com baixos índices de audiência.

Relembre alguns lugares em Goiás que já foram cenários de novelas e minisséries

 

Com certeza você já assistiu pelo menos uma novela na vida, mesmo que não tenha acompanhado a trama por completo alguém em casa o fez. Mãe, pai, avó, tia… sempre tem alguém que é fissurado nas complexas, trágicas, alegres e diárias histórias que passam nas telinhas. Apesar de grande parte das produções serem feitas em sets de filmagem em grandes cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, por vezes a própria história pede algo mais. E, não à toa, nosso belíssimo estado já foi palco de diversas delas, ao longo de décadas. Pensando nisso, nós aqui da redação do Curta Mais selecionamos algumas novelas que tiveram suas tramas gravadas em Goiás (completa ou parcialmente). Confira:

Em Família (2014)

A última novela para o horário (“novela das nove”) escrita por Manoel Carlos foi exibida em 2014. Encerrando assim o ciclo de ‘Helenas’. Quem acompanha as novelas de Maneco, sabe o quanto ele é apaixonado pelas Helenas e, praticamente, toda novela que escreve tem uma. Em Família foi dividida em três fases, tendo como trama principal duas irmãs, Chica (Juliana Araripe) e Selma (Camila Raffati), são casadas com dois irmãos, Ramiro (Oscar Magrini) e Itamar (Nelson Baskerville), respectivamente. O casal Chica e Ramiro tem três filhos, Clara (Karize Brum), Felipe (Guilherme Prates) e Helena (Bruna Marquezine). Do casal Selma e Itamar nasceu Laerte (Guilherme Leicam), jovem e talentoso flautista, namorado da prima Helena e alvo das paixões de Shirley. Que, por sua vez, morre de ciúmes de Helena.
Os primeiros capítulos foram gravados em Goiás, nas cidades de Goiás (carinhosamente chamada Goiás Velho), Pirenópolis e Goiânia. De acordo com o autor, a escolha de Goiás foi pela necessidade de um cenário rico, que mantivesse os costumes regionais.

2ca24da405f1bd778d8072b7abe91bbf.jpg

Araguaia (2010)

A 76ª “novela das seis”, escrita por Walther Negrão, teve como intérpretes dos principais papéis: Milena Toscano, Murilo Rosa, Cléo Pires, Júlia Lemmertz, Thiago Fragoso, Raphael Viana, Suzana Pires, Eva Wilma, Emílio Orciollo Netto, Mariana Joana, Mariana Rios, Laura Cardoso e Lima Duarte. Dividida em duas fases, Araguaia começa em 1845, durante a Revolução Farroupilha, quando Antonia se apaixona pelo índio Apoena. Em um ataque à fazenda onde mora Antonia, Apoena foge com ela, que engravida e o índio a leva para sua tribo, Karuê. Mas, Apoena era casado com Iarú que, ao descobrir que tinha sido trocada por Antonia, pede ajuda a um xamã para lançar uma maldição sobre o casal: enquanto houvesse sangue karuê sobre a Terra, começando pelo filho que Antonia dava a luz, todos os filhos homens dela e suas futuras gerações teriam morte prematura às margens do Rio Araguaia. Essa história é passada de geração para geração através de um caderno de receitas, no qual ela conta tudo, antes de morrer. A segunda fase começa muitos anos depois, com Fernando, um homem de meia idade, charmoso e caráter duvidoso, que, ao perder o dinheiro que lhe restava, vai com sua esposa Estela, ao encontro do filho com quem teve pouquíssimo contato, Solano, em uma cidade chamada Pirenópolis. Chegando lá, Fernando descobre que sua mãe biológica está muito doente, sem conhecê-la, Mariquita o leva à cidade de Girassol, às margens do Rio Araguaia.

b29197604f587803be9181171bba6abf.jpg

Estrela Guia (2001)

Conhecida como “a novela da Sandy”, fizeram parte do elenco principal: Sandy, Guilherme Fontes, Rodrigo Santoro, Carolina Ferraz, Thais Fersoza, Sérgio Mamberti, Fernanda Rodrigues e Lília Cabral. O estilo “new hippie” de Sandy virou uma verdadeira febre naquele ano. Escrita por Ana Maria Moretzsohn, a novela contava a história de Cristal (Sandy), uma menina de 17 anos, filha de Bob (Marcos Winter) e Catherine (Maitê Proença). Bob era um corretor da Bolsa de Valores que abandona tudo e vai para os Estados Unidos em busca de uma comunidade hippie sobre a qual leu, e se casa com Catherine. Voltando ao Brasil, Bob procura seu melhor amigo Tony, um rapaz de 18 anos que possui promissora carreira n Bolsa, pedindo para que seja padrinho de sua filha. Bob compra uma fazenda em Goiás, onde funda a comunidade hippie Jagatah – “universo” em Sânscrito. Dezessete anos depois, Cristal, que se tornou um bela moça de bom coração, se apaixona por Charles (Rodrigo Santoro), um playboy filho do fazendeiro Alaor (Sérgio Mamberti). A novela foi gravada na cidade de Pirenópolis, cidade tombada como Patrimônio Histórico e Cultural Brasileiro.

c8242d4f42a2acca1d716dd7fb70cd37.jpg

Grande Sertão: Veredas (1985)

A minissérie livremente inspirada no romance de Guimarães Rosa, conta a história das desventuras do jagunço Riobaldo (Tony Ramos), entre as lutas travadas pelo sertão. A história acontece no início do século 20, acompanhando a narrativa de Riobaldo, que personifica a aspereza sertaneja se transforma em um tipo de intérprete do sertão, narrando as lutas heroicas dos bandos de jagunços, cheias de tramas de vingança, amor e morte. Parte da minissérie foi gravada na cidade de São Domingos, nordeste de Goiás. Por conta da grande convivência com o elenco, até hoje é comum ouvir histórias de moradores que fizeram amizades com os atores. A minissérie será reprisada pelo Canal Viva, a partir do próximo da próxima segunda-feira (18), substituindo Tiêta.

eb9c887cd41a7958bdfacbc67c74a153.jpg

O Tronco (filme)

O Tronco é um filme de 1999 dirgido por João Batista de Andrade baseado no romance homônimo do escritor goiano Bernardo Élis. É estrelado por Ângelo AntônioLetícia SabatellaChico DiazRolando Boldrin e Antônio Fagundes. Foi produzido pela Raiz Produções Cinematográficas, tendo recebido financiamento do governo de Goiás e das universidades católica e federal do estado. Foi filmado no município de Pirenópolis.

*Com informações de G1, Curta Mais, Wikipédia e O Popular

 

Parceiro:

 

A imagem pode conter: texto que diz "Mandala POUSADA HOTEL"

Hotel Pousada Mandala

Avenida Prefeito Sizenando Jayme, 100
Faça sua reserva pelo telefone: (62) 3331-3715

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here