Dia de Proteção às Florestas: especialistas alertam para a preservação do cerrado e conheça a história do Curupira

0
186
Foto: Reserva VagaFogo(Curta Mais)

Ontem, sábado (17), foi comemorado o Dia de Proteção às Florestas, a data é um lembrete de que esse cuidado deve partir de todos. Mas se engana quem pensa que a proteção de florestas é algo distante da realidade. No Brasil, há vegetações consideradas florestas dentro dos biomas, como é o caso do Cerrado.

Para entender melhor como funciona a classificação de florestas e como o Cerrado está no meio disso tudo, veja no infográfico algumas informações das principais características:

Característica das florestas

Característica das florestas(foto: Infográfico)

Trilhas tem diversas espécies do cerrado, campo e mata de galeria, poços, nascentes e uma pequena cachoeira, entre outros atrativos | 

Principalmente agora, com o início da seca, tem que tomar cuidado com os incêndios florestais. A maior parte dos incêndios quem faz são as pessoas. Tem muita gente que passa pelos parques para trabalhar e se incomoda com a vegetação alta e jogam fogo para baixar vegetação.

A definição de uma floresta é uma tarefa complicada que depende de uma série de fatores estabelecidos por fundações ambientais. Seja pelo tamanho da área de terra plantada, pela altura das árvores ou pela vegetação ali encontrada, a regra é que toda floresta é uma área protegida.

Segundo o Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 2021, o Brasil atingiu o desmatamento recorde na Amazônia. Foram 580 km² de área desmatada, o equivalente a 58 mil campos de futebol. Em 2020, o desmatamento anual já havia atingido 11.088 km², índice recorde desde 2008.
O Brasil é o 3º país mais letal do mundo para ativistas ambientais, perdendo apenas para Colômbia (1º lugar) e Filipinas (2º lugar), segundo a ONG Global Witness. Em 2019 o país registrou 24 assassinatos de ambientalistas, 4 a mais do que em 2018. Ou seja, ser um curupira é uma profissão perigosa e nada fácil atualmente.

A comunidade pode e deve ajudar

Para a preservação e conservação das matas e vegetações, a população pode ajudar se tornando um vigilante, denunciando crimes ambientais ou alertando sobre a presença de incêndios. Os canais de atendimento são os Bombeiros, no 193.

PM Ambiental comemora o "Dia de Proteção às Florestas" com operações preventivas

Não tem como falar em proteger florestas e não lembrar da figura icônica do folclore brasileiro, o Curupira

Ele que é uma espécie de duende, possui olhos e cabelo cor-de-fogo, tem os pés virados para trás, mora na floresta e tem o hábito de pregar peças em quem entra na mata com a intenção de desmatar ou de caçar seus animais. Os agressores são atraídos por essa figura para dentro da mata, se perdem pelo caminho e nunca mais retornam. A lenda também conta que os indígenas costumam levar presentes para evitar o terrível ataque do Curupira.
Mesmo que esta figura seja apenas uma lenda, existem diversos profissionais que se comprometem com a proteção das nossas florestas. Chico Mendes e Dorothy Stang são figuras que se destacaram por suas bandeiras de luta contra o desmatamento e destruição das florestas e infelizmente perderam suas vidas batalhando pela causa ambiental.
O curupira pode ser apenas uma lenda, mas os defensores das florestas existem de verdade e cada dia se torna mais necessário defender o nosso patrimônio ambiental. Por isso, nesta data, faça a sua parte e participe de iniciativas para a proteção das florestas. Com informações de CidadeOn, G1GO e CB
Parceiro:
Pode ser uma imagem de texto que diz "Buteko Chaguinha do Pirenópolis/GO"

BUTEKO DO CHAGUINHA

Av. Meia Lua, Qd 01 – Lt. 34 – Jardins Pireneus, Pirenópolis – GO

Abre de Quarta a Domingo, em horários alternados:

Quarta a Sexta das 16h00 às 23h00

Sábado e Domingo das 12h00 às 23h00

Telefone: (62) 98553-1934

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here