21 memórias que provam que a infância nos anos 80 e 90 era muito louca

0
177

Resultado de imagem para infância dos anos  80

Resultado de imagem para infância dos anos  80

 

Você consegue imaginar uma mãe passando inseticida na cabeça do filho? Quem cresceu nos anos 1980 e 90 certamente responderá que sim. O termo “politicamente correto” ainda era restrito aos dicionários. Bullying era uma palavra inexistente. Normas de segurança como o uso obrigatório de cintos e cadeirinhas nos carros só seriam regulamentadas décadas depois. Machucados se tratavam com Mercúrio Cromo que, a partir dos anos 2000, foi proibido em todo o mundo por causar envenenamento. Depressão infantil era diagnosticada como um sintoma de frescura. Braços engessados, dentes partidos e joelhos ralados faziam parte da rotina de toda criança como se fosse um ritual de passagem. A Revista Bula reuniu em uma lista 21 fatos que farão você se perguntar como sobreviveu à infância.

1 — Cinto de segurança era enfeite

2 — Biotônico Fontoura resolvia todos os problemas relacionados a falta de apetite

3 — Beber água de torneira, mangueira ou rio era algo corriqueiro

4 — AAS infantil era o remédio padrão para qualquer tipo de dor ou febre

5 — Capacete e joelheiras não combinavam com bicicletas

6 — Merthiolate e Mercúrio Cromo curavam qualquer tipo de machucado

7 — Não existiam cadeirinhas de segurança e as crianças sentavam-se no banco da frente dos carros, carrocerias ou porta-malas

8 — Protetor solar era utensílio de luxo no clube ou na praia

9 — Comprar bebidas e cigarros para os adultos era uma atividade normal para crianças

10 — Braços engessados e dentes quebrados faziam parte da rotina como se fosse um ritual de passagem

11 — Não havia travas de segurança nas portas dos carros — nem chaves nos armários de medicamentos ou produtos químicos

12 — Integral, orgânico, sem adição de açúcar, glúten free… eram palavras inexistentes

13 — Para brincar na rua tinha uma única condição: voltar para casa ao anoitecer

14 — Propagandas de bebidas alcoólicas e cigarros eram exibidas na televisão a qualquer hora do dia

15 — Doces e refrigerantes eram liberados inclusive no café da manhã

16 — Asperger, depressão infantil, TDAH, psicoterapia… eram sintomas de frescura

17 — Apresentadoras seminuas comandavam programas infantis

18 — Janelas e sacadas não tinham telas de proteção

19 — Para se combater piolhos, as mães usavam um inseticida chamado Neocid

20 — Dançarinas em poses ginecológicas animavam as tardes da televisão brasileira

21 — Bullying, palavra inexistente na época, fazia parte do dia a dia.

 

Parceiro:

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t31.0-8/12186619_909670409117098_8754377161439288318_o.jpg?_nc_cat=104&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=b3bb87792c8ae3e67c31bb03e2b91301&oe=5D037C0B

 

Rua dos Pirineus, 41

​​ (62) 3331-3047

Bar · Gastrobar · Cafeteria

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here