Réveillon: Não solte fogos de artifício! Causam sérios danos às crianças, idosos, autistas e animais

0
338

Pirenópolis possui um costume secular de solta fogos de artifício. É comum ouvir: “Em Pirenópolis solta fogos até pra podar uma árvore”, triste né? Apesar de saber que é uma ação praticada comumente pelos moradores, podemos mudar essa afirmação e costume. Atualmente, a queima de fogos não é uma unanimidade, muitas pessoas discordam e principalmente, é considerado maus tratos. Vamos pensar com mais empatia nas pessoas e animais. Autista, crianças, idosos, acamados e todos os animais, domésticos ou não, sofrem muito com as explosões.

O estresse desencadeado pelo barulho pode causar grandes transtornos e até a morte de animais como aves, cães e gatos. Já existem, no país, restrições quanto ao uso de fogos com ruídos. O Senado analisa um projeto (PL 2130/2019) que estabelece limites de emissão sonora para os artefatos.

Em alguns estados e municípios existem leis que proíbem esta prática. Em Pirenópolis, isso é um assunto delicado, mas uma coisa é certa! A tradição de soltar fogos de artifício para comemorar datas festivas, como o ano novo, pode prejudicar a saúde de pessoas e animais. O estresse causado pelo barulho é capaz de levar até à morte.

No caso das aves, atordoadas, elas voam sem direção, chocando-se contra objetos, árvores e outros pássaros. Cães e gatos também se assustam facilmente, pois a sua audição é mais sensível do que a dos seres humanos. Ao se sentir ameaçado, o animal pode fugir, ser atropelado ou pular de locais como varandas e janelas. A médica veterinária Ludmilla Humig relata o estado em que os animais chegam às clínicas veterinárias. “São animais que vêm na clínica com crise convulsiva, animais que chegam com sinais que estão enfartando, têm relatos de animais que chegam a vir a óbito dentro de casa mesmo, porque não dá tempo de chegar a clínica veterinária. Outros pacientes que vem com causas secundárias provocadas por cortes, animais que saem correndo por dentro do ambiente em que ele está, e acaba se cortando com algum vidro, quebrando porta de vidro”, disse.

Vamos repensar: Durante as festividades do réveillon, é comum o uso de fogos de artificio das mais variadas categorias e intensidade. Mas o uso desses artefatos requer muita atenção. Outro fator é, principalmente, por eles serem um dos maiores causadores de quedas de energia. De acordo com especialistas, esses produtos devem ser usados com muita cautela e reponsabilidade.

Segundo um profissional da área de segurança, Alex Fernandes, a relação entre fogos de artifício e a fiação elétrica é bastante delicada e requer o máximo de atenção possível. “Em hipótese alguma os fogos devem ser lançados na direção da rede elétrica. Eles devem ser lançados o mais longe possível da fiação e, claro, por um adulto. Caso esse tipo de material entre em contato com a rede elétrica além de causar graves interrupções no fornecimento também é capaz de causar acidentes de grande porte envolvendo a população”, orienta o executivo. Ele também faz um alerta para que, caso aconteçam acidentes entre os fogos e a rede elétrica, o local deve ser isolado, não permitindo a aproximação de pessoas. O ideal é que seja feito logo o contato com a empresa para que seja enviada uma equipe ao local da ocorrência para normalizar a situação. As pessoas que se encontram no local do acidente, jamais devem tocar na fiação elétrica e nem tentar retirar objetos que estejam em contato com fios, sem que antes um profissional capacitado assegure que a energia foi desligada.

Confira dicas de segurança:

– Não soltar os fogos de artifícios próximo à rede elétrica;
– As bombas e os fogos devem ser comprados somente em locais autorizados;
– Todo o material deve ter certificado de garantia;
– Os fogos de artifício devem estar em boas condições;
– Nunca deixe os explosivos no bolso;
– Jamais acenda bombas próximo a face;
– Não estoque fogos em sua casa;
– Nunca acenda bombas e rojões na mão;
– Se o foguete falhar não tente acender de novo;
– Solte um fogo por vez e ao ar livre;
– Não acenda os fogos perto da rede elétrica;
– Caso ocorra algo de errado, tenha um extintor ou água por perto;
– Se beber não solte fogos, a chance de algo dar errado aumenta;
– Somente maiores de idade podem soltar fogos de artifício.

Em caso de acidentes envolvendo a rede elétrica, são cuidados imprescindíveis:

– Isolar o local, não permitindo a aproximação de pessoas;
– Jamais tocar em fios partidos;                                                                                      – Ligar para o Corpo de Bombeiros no número 193.

 

Parceiro:

Pode ser uma imagem de texto que diz "Chaguinha Buteko Chag do a melhor picanha da cidade"

Endereço: Av. Meia Lua, Jardim Pireneus, Pirenópolis- Go
Telefone (62) 9 8553-1934
Estabelecimento com acessibilidade para PNE e Pet Friendly.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here