O site Pirenópolis Online foi às ruas saber o que as pessoas mais anseiam desta atual gestão

1
1025

O site Pirenópolis Online foi às ruas saber o que as pessoas mais anseiam desta atual gestão

O Pirenópolis​​ Online​​ percorreu os bairros, ruas e avenidas da cidade, a fim de saber​​ o que a população pirenopolina,​​ necessita nesse momento, que pode ser oferecido e até mesmo solucionado pela atual gestão. Para fazer estes questionamentos, foram escolhidas pessoas aleatoriamente.​​ Através​​ desta enquete, teremos um panorama deste governo, pois os problemas foram apontados e as soluções administrativas foram apresentadas e a partir daqui teremos uma noção básica sobre a vontade política,​​ competência​​ e planejamento do​​ prefeito​​ e sua equipe.​​ 

Segues as perguntas com suas devidas respostas:

Fotos:​​ Carla Adriana e timeline Facebook

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.15752-9/31398067_1305278632906841_3550397507936714752_n.jpg?_nc_cat=0&oh=984b315a7f762880c49d89eeb6f12cab&oe=5B5E16B8 ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​ ​​​​ 

 

Antônio Gonzaga de Oliveira, feirante, morador da zona rural.

Meu pai foi um dos fundadores da feira livre em Pirenópolis, há 40 anos. Nós feirantes estamos gostando muito deste local,​​ o largo​​ da Matriz. Achamos um lugar adequado e percebemos que resgatamos muitos clientes que deixaram de​​ frequentar​​ a​​ feira,​​ quando era em frente ao cemitério. Agora, gostaríamos que​​ melhorassem, como por exemplo, padronizar as barracas, exigir barraca de todos os feirantes e organizar melhor a feira, com separação de alimentos e produtos. Será que isso pode acontecer em breve?

Resposta do Prefeito João do Léo​​ – Seu Antônio, para falar a verdade, até agora, não temos um plano específico para as feiras. Conseguimos esse local atual através de uma parceria com o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, isso é provisório, pois já tem um projeto para construção e revitalização do Largo da Matriz, para ser definido​​ ainda em julho deste ano. O​​ espaço​​ será​​ destinado à Cultura e Lazer, mas​​ a meu ver, a feira é uma cultura do povo e tentaremos junto ao IPHAN que ela permaneça onde está, mas com as barracas padronizadas e separadas. Esse projeto de melhoria das feiras será integrado ao​​ projeto de construção do Largo da Matriz. E atender todos esses as reivindicações dos feirantes.

José Bonfim, motorista de caminhão, morador do Alto da Lapa.

Qual será sua meta para o futuro com relação ao Código de Postura?​​ Será sempre cobrado com rigor e será​​ que isso é melhor pra população?

RJL​​ – Estamos tentando colocar a casa em ordem e para isso,​​ temos fazer alguns ajustes. Estou mais rigoroso sim, com essa arrecadação de impostos. Temos as Leis vigentes e elas serão seguidas. Foram muitos anos de sonegação velada, não podemos mais permitir certas infrações e isso vale pra todo mundo.

Marcos Vinicius Ferreira dos Santos, abridor de pedra, morador do Alto do Bonfim.

Gostaria de saber se a prefeitura tem planos para fazer melhorias na estrada de terra que dão​​ acesso à pedreira, está muito ruim precisa de melhoria.​​ O que a prefeitura vai fazer em relação a isso?

RJL- ​​ Estamos com uma frente de trabalho com maquinários emprestados pelo Governo do Estado que estão dando o suporte necessário na melhoria das estradas.​​ ​​ Já melhoramos alguns​​ acessos​​ às pedreiras, como todas as estradas, ruas e avenidas do nosso​​ município. Minha preocupação maior, é​​ oferecer​​ uma melhor qualidade de vida à população e​​ prolongada a vida útil dos veículos, além é claro de garantir mais segurança.

Valdeci Ferreira, jardineiro, morador do Bairro Santa Bárbara

Quero saber sobre a coleta de lixo. Acho que o lixo está se acumulando nas ruas, será que a coleta não poderia ser mais frequente?​​ ​​ No mais, percebo que o prefeito está se esforçando, às vezes está faltando oportunidade pra trabalhar, uma ajuda de algum deputado, governador. Percebo que ele está sozinho.

RJL​​ – Seu Valdeci todos os dias saem 04(quatro) caminhões para fazer a coleta de lixo por toda cidade, eles rodam todos os bairro. Agora se o senhor identificou uma falha, pode ligar no meu número pessoal que é (62) 99281.1834 ou no fixo do gabinete que é 3331.3570 que irei resolver. Quero te esclarecer também, seu Valdeci, que não estou sozinho, estou com toda a comunidade. Estamos tendo dificuldade sim, mas estamos com uma frota bastante precária e obsoleta, mas iremos resolver isso e tentar renovar a frota. Seu funcionário do povo e estou aqui pra trabalhar.

Lucilene Vieira da Silva, auxiliar de enfermagem, moradora do Alto do Bonfim.

Acho que a saúde não está ruim. Gostaria de saber sobre a inauguração da UPA, quando será inaugurada, as especialidades, o atendimento, enfim, tudo sobre a inauguração e funcionamento da UPA.

RJL –​​ Penso que a inauguração da UPA​​ ainda vai demorar. Antes disso​​ acontecer, ​​ tenho que me reunir com o Ministério da Saúde para resolvermos a situações de irregularidades existentes no projeto. Mas até isso acontecer, temos o Hospital​​ Público de excelência e​​ queremos que melhore cada vez mais. Já abrimos o Centro Cirúrgico e desejo que aquela unidade, a Upa, vai ser destinada à saúde da mulher, pois o atendimento oferecido aqui, não é de especialistas. Agora os casos de urgência, o Hospital Ernestina está fazendo com muita qualidade.

A imagem pode conter: Demétrio Pompeu de Pina

Demétrio Pompeu de Pina, produtor de cinema, morador do Centro Histórico.

​​ João do Léo, você acha que nossa tradição cultural tem grande importância pro nosso Estado e o que sua gestão fará para valorizar ainda mais e não deixar que algumas coisas se percam ou se transformem com passar dos anos. Qual sua opinião a respeito?

R​​ JL – Nossa cultura é a história de nosso povo. Temos que valorizá-la, preservá-la e fazer de tudo pra que ela não morra, nem se perca com o tempo. Podemos perder os autores e atores, como já perdemos muitos ​​ deles, como seu pai, Pompeu de Pina, Seu Ico, Dona Ita e Seu Alaor, Ita Pereira, entre outros inúmeros e maravilhosos artistas pirenopolinos. ​​ Tem coisas que nunca irão se perder, precisamos dar sequência. Para isso, temos as Cavalhadinhas​​ para dar essa​​ continuidade. Agora, acho que os mascarados,​​ por exemplo, perderam muito espaço com a construção do Cavalhódromo, restringiu muito a participação deles na festa, mas mesmo assim, continuaremos respeitando e cuidando da nossa tradição, da nossa cultura em si, pois ela é a vida do nosso povo.​​ Deve​​ ser valorizada junto à população e​​ às escolas.​​ Não medirei esforço para tentar junto ao Governo de manter e trazer mais eventos culturais. Quero resgatar o Canto da Primavera nos moldes das edições antigas, ou seja, megaevento, com grandes shows nacionais e regionais. Quero também,​​ valorizar mais a participação dos artistas locais com várias apresentações. Preciso sentar com a Secretaria de Cultura e discutir a Canto da Primavera. Essa é uma das minhas prioridades.

A imagem pode conter: Anauê Alves e Lucia Ribeiro, pessoas sorrindo, óculos, selfie, close-up e atividades ao ar livre

Lucia Ribeiro,​​ empresária​​ e seu filho Anauê, possuem uma​​ loja na Ponte de Pedra

Quero saber sobre a organização do trânsito no centro Histórico em feriados e fins​​ de semana de grande fluxo de turistas. Percebo que​​ já houve algumas melhoras, precisamos de mais. Em feriados prolongados,​​ deve​​ haver uma​​ fiscalização rigorosa quanto aos estacionamentos nos dois lados das ruas estreitas e em locais proibidos, fazendo com que fique praticamente impossível o tráfego de carros.​​ O que pode ser melhorado?

RJL - Lúcia, a prefeitura já está tomando medidas para reverter essa situação caótica que fica o Centro Histórico em feriados prolongados. Nos feriados contratamos um grupo de pessoas para dar esse suporte no tráfego de veículos.​​ Implantamos algumas modificações e devido a essas​​ medidas​​ tomadas, percebemos que o saldo está sendo positivo. Os ajudantes do trânsito,​​ estamos​​ atentos com relação aos estacionamentos, sentidos de tráfego e informações aos turistas. Aos poucos, com certeza iremos possuir um fluxo de veículos mais organizados, sem muitos transtornos para a população local e turistas.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here